terça-feira, 30 de junho de 2009

Saudade que trago

Em todos os momentos da minha vida, lembro-me de ti.
Por vezes acordo de manhã com o aperto no peito e a vontade de voltar a sentir o teu cheiro...
Sinto saudade, como no fado da Mariza.

"...São emoções que dão vida
à saudade que trago
Aquelas que tive contigo
e acabei por perder

Há dias que marcam a alma
e a vida da gente
e aquele em que tu me deixaste
não posso esquecer..."

...

E as palavras não saem quando se trata de ti. A minha voz fica muda, o meu coração palpita. O encanto permanece.
A dor que aqui sinto é tão grande como o quanto te amo.

Ontem à noite olhei para o céu, e comecei a dar a cada estrela uma razão pela qual te quero tanto. Faltaram-me estrelas...


1 comentário:

  1. Como é grande a falta que as pessoas mais queridas fazem :S

    Adoro-te**

    ResponderEliminar